3 de outubro de 2008



vem metade
te olha no meu olho
é só me dar a mão

vem beldade
sai do pedestal...sai da tua idade
acorda
o tempo é outro
não temos tempo de fingir

sai da cidade
vem pro pequeno
do coração

a eternidade.

3 comentários:

Vivian Fiorio disse...

Lindo!!

Passei aqui só pra registrar pq sempre entro e não comento... adoro tuas poesias!

Beijocas ;)

marcia szajnbok disse...

mari, o coração é tudo, menos pequeno.......
bjo

augusto disse...

Uma das coisas mais bonitas que eu já li. Parabéns.
sou um grande amigo do teu irmão vinícius, aqui em porto alegre.