1 de julho de 2006

cor-ação

coração
célula mater
um

bomba, bomba, bomba
meu amado amigo vermelho
mucoso inquieto grandioso pequeno

agradeço ao invisível a tua saúde
a tua tristeza, inquietude e resistência
tua ciência silenciosa fenomenológica intrínseca
tua genética boa

bomba, central vermelha de todos os tons!

inspira minha existência carnal
irriga minha loucura salutar
amplia meus sonhos aquáticos
abre minha visão

bomba, pequeno irmão!

joga meus pés e minhas mãos no futuro-agora
carrega minha cabeça gorda
em direção ao teu batuque harmônico

ritmiza meu não-ritmo
ensina as outras vísceras a entrarem no batuque bom

de coraçao para cor-ação

palpita que é bom!

3 comentários:

Marina disse...

Nega!!! Cd tu hein???

vero disse...

http://www.fotolog.com/v_ronica/?pid=8823358

Juan disse...

Caraca. Eu penso com o coração. Eu peço coragem, de ação.

Todo dia dar um passo, pra não voltar.